Ajudem!

Pessoal, ajudem o administrador desse Blog, Liniker, que está participando de um concurso da TV Jornal Recife. Preciso de um grande números de visualizações nesse vídeo promocional, é só clicar no aqui e ver! Muito obrigado!

 

Obrigado também a mais de 100 mil visitas! Continuem de olho no blog!

Nova Série: Momentos tensos do Telejornalismo Brasileiro

No nosso primeiro vídeo, Ana Paula Padrão rindo ao anunciar morte de jogador! #TENSO

 

Andréa Cordoniz

O Transalouca 4.0 de hoje, 27 de maio, recebeu a psicóloga e escritora Andréa Cordoniz, autora dos livros “Exorcize Sua Alma Gorda” e “Clube das Asneiras”, ambos publicados pela Matrix Editora.

Errar é humano e todos nós cometemos deslizes de vez em quando. E, foi prestando atenção nestas gafes que Andréa se inspirou para escrever “Clube das Asneiras: uma seleção das maiores idiotices proferidas por gente famosa e outras nem tanto”. O livro conta com 128 páginas e traz divertidas pérolas. “Encontramos muitos livros com citações de poemas e pensamentos maravilhosos, e por que não um de besteiras que as pessoas falam?”

A escritora falou que começou a colecionar os micos cometidos pelas pessoas e encontrou muito material na televisão, em jornais, revistas e livros. “Depois que comecei a colecionar essas besteiras, amigos e parentes até guardavam para me entregar, dava para escrever uns dez livros”, brincou.

Andréa contou ainda que a seleção de deslizes para o livro não foi nada fácil. “Dentre milhares, tive que escolher os melhores ou piores. Procurei escolher as mais idiotas e divertidas. Essa é só a ponta do iceberg.”

Confira algumas asneiras descritas no livro:

“Assista depois, capítulo inédito de Vale a Pena Ver de Novo.” (Galvão Bueno)
“São 29 horas e 37 minutos.” (Glória Maria)

Para adquirir o “Clube das Asneiras”, clique aqui.

Sandy
A cantora Sandy foi a convidada do Transalouca 4.0 desta quarta-feira, dia 26 de maio. Ela veio ao programa falar com os apresentadores Rodrigo On, Carol Zoccoli, Gavião e Fuzil sobre seu primeiro disco solo, “Manuscrito”, lançado recentemente.

Sandy contou que o nome do CD representa bem como foi este trabalho, formado por 13 faixas autorais ou escritas em parceria com outros artistas. “Manuscrito representa todo esse processo de juntar meus sentimentos, olhar para dentro de mim. É um disco melancólico, assim como eu, mas não é triste ou depressivo”, afirmou.

A cantora relembrou algumas fases importantes de sua carreira ao lado do Júnior, como a tentativa de fazer a dupla famosa do mercado internacional. “Não era o momento certo de tentar, pois naquela época, estava trabalhando muito fazendo uma novela, um programa de TV, e divulgando discos dentro e fora do Brasil. E como não estávamos fazendo isso direito, meu irmão e eu resolvemos parar e focar apenas na carreira nacional”.

Os apresentadores elogiaram a cantora pelo sucesso do álbum, que recebeu o disco de ouro, com apenas 10 dias nas lojas. “O resultado foi mesmo surpreendente, pois não sabia o que esperar, já que não conhecia o meu novo público, que venceu o preconceito por eu ter vindo de uma dupla pop e comercial”, afirmou.

Sandy falou ainda sobre a importância dos fãs e a saudade que sente dos palcos. Ela também adiantou que uma turnê de divulgação do álbum Manuscrito deve acontecer até o final do ano. “Nesse momento, estou trabalhando bastaste para divulgar o disco, e por isso não tenho tempo de preparar o show e escolher o repertório, mas até o final do ano devo voltar a me apresentar pelo Brasil”, finalizou.
Orgia sexual em quartel de bombeiros gera polêmica na Bélgica

Um grupo de bombeiros da cidade belga de Charleroi, a cerca de 60 quilômetros da capital Bruxelas, está sendo investigado sob a suspeita de ter participado no dia 22 de maio de uma orgia sexual dentro do quartel, segundo reportagem do jornal belga "Sud Presse”.

festa sexual foi organizada por um casal belga, uma mulher de 31 anos e seu namorado, um bombeiro de 41 anos, no quartel de Charleroi. O encontro foi combinado através de uma página na internet dedicada a encontros sexuais picantes e troca de casais.

O namorado da única mulher da orgia, que foi compartida por vários bombeiros, era o responsável por tirar as fotos. A história veio à tona depois que o casal conhecido como “Leskokin" publicou relatos e fotos da orgia na internet.

No site, a mulher pede para os bombeiros não criticarem seus colegas que participaram da orgia e não tiraram as meias durante o ato sexual. "Eles ficaram com as meias, porque nunca se sabe quando vão precisar sair para apagar um incêndio", disse ela.

O prefeito da cidade, Jean-Jacques Viseur, considerou a denúncia grave e cobrou uma investigação sobre o caso. O presidente da associação de bombeiros, Marc Gilbert, disse ter ficado chocado com a denúncia. "Isso é inaceitável", afirmou.

Professora se engana e entrega pornô para aluna em vez de DVD de fotos

Uma professora de uma escola em Homosassa, no estado da Flórida (EUA), cometeu uma gafe e entregou um filme pornô para uma estudante, em vez de um DVD com fotos de sua turma, segundo reportagem da emissora de TV "KSDK".

A filha de Dana Hill, Skyler, foi um dos 19 alunos que receberam o DVD. Mas, ao contrário do restante de seus colegas, a cópia entregue a Skyler aparentemente foi trocada por um DVD da coleção de filmes pornôs do marido da professora.

Dana contou que sua primeira reação foi de raiva. De acordo com a polícia do condado de Citrus, o filme pornográfico foi misturado acidentalmente com os DVDs de fotos. Por isso, não deve ser aberta nenhuma investigação policial.

Saiba se você é pobre

1. Seu nome no orkut vem junto de: 100% ou vida loka.

2. Usa um cabelo moicano todo enrolado e acha que tá arrasando

3. Acampa três dias na frente de uma casa de show para comprar um ingresso pra ver a banda calypso.

4. Chama todo mundo de mano.

5. Vai para o trabalho com uma camisa do flamengo ou corinthians falsificada.

6. Só anda com boné da New York, nike e adidas. Detalhe: todos falsificados.

7. Seu sabonete é uma junção de todos os sabonetes que você usou nos últimos 2 anos e foi guardando para fazer um novo.

8. A maioria dos seus calções e camisas tem um remendo.

9. Usa uma lampada de lanterna azul, vermelha ou verde embaixo da bicicleta e sai dizendo que é neon.

10. Só sabe falar no celular gritando.

11. Assiste pelo menos 5 novelas e toda vez que está assistindo vive chamando os personagens de burros ou idiotas e chega ficar com raiva de alguns.

12. Usa o resto que sobrou do bombril para botar na antena da televisão.

13. Seus recados no orkut é cheio daquelas imagens em gif cheias de gliter.

14. Os litros de água da sua casa são garrafas de coca-cola.

15. Come tangerina ou laranja no ônibus e ainda sai oferecendo pra todo mundo.

16. Concerteza está lendo esse texto de alguma lan house ou no seu computador comprado em 72 vezes nas Casas Bahia.

Carol Hubner

 

Transalouca 4.0 desta segunda-feira, 24 de maio, recebeu a atriz Carol Hubner, que integra o elenco da peça “De Artista e Louco Todo Mundo Tem um Pouco”, em cartaz no Teatro Brigadeiro, em São Paulo.

O espetáculo explora as particularidades de uma família onde “todo mundo é muito louco”, como denomina a própria atriz, que vive uma personagem com múltipla personalidade.

“A peça é inspirada no nosso cotidiano”, contou. É a história de uma mãe viúva que tenta impedir o casamento do filho unindo-se a um carteiro maluco que insiste em ser ator, que mesmo sem motivo permanece na família. O filho, com sua noiva desequilibrada que possui três personalidades, luta por seu casamento e tenta impor limites a todos. “Uma loucura total!”, finalizou.

Em 2004, Carol foi vencedora do reality show “Casa dos Artistas – Protagonistas de Novela”, do SBT, mas conta que hoje não participaria de outros. “Participei da Casa dos Artistas por causa do prêmio, pensando no meu trabalho. Talvez se tivesse participado de outro ganharia um milhão, aproveitaria melhor e a divulgação seria maior ainda”, brincou a convidada quando questionada sobre o trabalho na televisão.

A edição do programa em que a atriz participou foi um especial. Os participantes realizavam ensaios e performances, recebiam aulas de canto, dança e interpretação. O prêmio não era em dinheiro e sim um contrato de um ano com a emissora e a participação de produções realizadas pelo Núcleo de Teledramaturgia do SBT o que resultou no papel de Joana na novela Esmeralda no mesmo ano.

Serviço:

De Artista e Louco Todo Mundo Tem um Pouco
Teatro Brigadeiro - avenida Brigadeiro Luiz Antonio, 884
Sexta às 21h30, sábado às 21h e domingo às 19h30
Ingresso: R$ 40,00
Telefone: (11) 3115-2637

Fred Lessa

O Transalouca 4.0 do dia 21 de maio recebeu Fred Lessa, que há três anos está à frente do programa “Happy Hour”, na GNT.

Formado em publicidade, Lessa contou que desde criança tinha a intenção de trabalhar na televisão. Em 1998, mudou-se para o Rio de Janeiro, onde fez o curso de “Oficina de Atores da Globo”. Cursou também Artes Cênicas e mais tarde atuou na novela “Mulheres Apaixonadas”, da Rede Globo. Na GNT, apresentou durante três anos o “Armazém 41”, que deu origem ao “Happy Hour”, no qual, desde 2007, divide o palco com Astrid Fontanelle.

“Sinto muita falta de atuar”, afirmou o apresentador quando questionado sobre a mudança na carreira. Ele contou que são trabalhos diferentes e o reconhecimento do público também. “Como ator, as pessoas falam sobre sua beleza. Já como apresentador, falam sobre seu talento e trabalho, é compensador.”

Para finalizar, falou que gostaria de entrevistar a companheira de emissora, Marília Gabriela. “Ela é super entrevistável. Quase rolou no ano passado, ia ser uma troca de papéis e ela disse que gostaria que eu a entrevistasse. Fiquei muito feliz, seria um prazer enorme.”

 
Inimigos da HP

O Transalouca 4.0 de hoje, 20 de maio, recebeu o grupo Inimigos da HP, que vai lançar o 4° DVD da carreira, “Amigos da Balada”, este mês.

Os meninos, que têm como marca registrada a animação e diversão, contaram que essa é a proposta desde o início da carreira. “Gostamos de trazer novidades para o palco. Nossa proposta desde o começo era a animação”, afirmou Sebá.

O novo álbum da banda traz novidades. Diferente dos discos anteriores, gravados em shows, “Amigos da Balada” foi produzido em estúdio e conta com a presença de artistas convidados, figurantes e fãs em um cenário com visual de balada. “Quisemos fazer algo diferente e montamos uma balada. Neste DVD todas as músicas são um clipe”, contou o vocalista.

O grupo é sempre questionado sobre seu gênero musical, afinal Inimigos da HP é uma mistura de vários ritmos pagode, forró, samba, axé e por aí vai. Um ouvinte quis saber se os tradicionais músicos do samba de raiz não se ofendem com essa inovação. E Sebá afirmou que nunca tiveram problemas e que os fãs entendem este estilo. “Não tem rivalidade, inclusive já fizemos participação com o Fundo de Quintal, grupo tradicionalíssimo”, comentou Tocha.

Os ouvintes do Transalouca 4.0 puderam conferir uma palhinha ao vivo dos sucessos “Zoodstock”, “Toca um Samba Aí” e “Regininha”, primeiro single do novo trabalho, cujo clipe contou com a participação da ex-estudante de Turismo Geisy Arruda e que já pode ser visto no site oficial da banda (www.ihp.com.br).

O show de lançamento de “Amigos da Balada” será no próximo dia 28 no Citibank Hall, em São Paulo.

Serviço:
Inimigos da HP
Local: Citibank Hall – avenida Jamaris, 213
Data: 28 de maio, às 22h
Telefone: 4003-5588

Número de telefone é suspenso depois da morte de 3 donos

Uma companhia telefônica da Bulgária resolveu descontinuar o número 0888 888 888 depois que seus três donos morreram nos últimos dez anos.

O primeiro proprietário da linha foi o CEO da empresa Mobitel, Vladimir Grashnov. Ele morreu de câncer em 2001, aos 48 anos.

A sequência de números então foi repassada para Konstantin Dimitrov, um famoso chefe da máfia da Bulgária. Ele foi assassinado na Holanda, em 2003, aos 31 anos.

O ultimo dono do “número da morte”, como a linha ficou conhecida no país, foi o corretor de imóveis Konstantin Dishliev, também envolvido no crime. Ele foi morto em 2005.

Por conta desses três casos, a Mobitel resolveu recolher de vez o número 0888 888 888. “Não comentaremos os casos”, disse um assessor da empresa de telefonia.

Ex que desapareceu volta e marido tem que escolher entre ela e atual

Um chinês está sendo forçado a escolher entre as duas mulheres depois que sua primeira esposa foi encontrada. Ela estava desaparecida há 13 anos.

Ren Shushao, de 52 anos, será processado por bigamia caso não se divorcie de Xiong Jinzhen ou Cai Chengrong.

Xiong desapareceu de casa em 1997 e Shushao nunca mais a viu até o começo deste ano, quando ela foi encontrada na província de Qijiang.

Segundo o jornal "Conqing Business Daily", Xiong foi sequestrada por um vizinho e vendida para um homem de outra cidade. Como se não bastasse, ela ainda foi negociada uma segunda vez, por uma terceira pessoa.

No começo deste ano, um amigo do barbeiro avistou Xiong e promoveu o reencontro. "Quando nos vimos, nos abraçamos por um longo tempo e choramos", contou Ren Shushao à publicação.

Shushao então levou a primeira mulher para sua nova casa, onde o casal passou a morar com Cai Chengrong, a segunda mulher do barbeiro desde 2002. O trio diz que administra bem a situação.

"Cada uma das minhas mulheres têm seu quarto, mas eu durmo mais com a minha esposa mais antiga", disse o barbeiro.

Cai Chengrong, a segunda mulher, inclusive cozinha e lava as roupas de Xiong. No entanto, Ren Shushao parece já ter tomado sua decisão, parcialmente. "Vou me divorciar de Cai. Mas ela pode continuar morando conosco, se quiser".

Bebês tensos

E aí vai o último vídeo dos Bebês tensos!

Em breve, o TOP 5 dos momentos tensos do telejornalismo Brasileiro!

 

Tensão

O penúltimo vídeo da série "Bebês Tensos" mostra o pequeno maníaco do Santos

 

Homem processa médico após ereção de 34 horas

O belga Yves Lecompte, de 40 anos, entrou com um processo na Justiça de Courtrai, na Bélgica, contra seu ex-médico depois que teve uma ereção de 34 horas que o deixou impotente, segundo reportagem do jornal “Sud Presse”.

Lecompte teve uma ereção prolongada, conhecida como priapismo - condição na qual o pênis fica ereto continuamente, sem estimulação-, devido ao efeito colateral da medicação utilizada.

O homem afirmou que o médico não deu importância quando ele contou que vinha tendo ereções prolongadas por causa dos remédios.

Em 10 de janeiro de 2007, após dez horas de ereção, ele procurou novamente o médico. Mas, em vez de encaminhá-lo para emergência, Lecompte disse que o médico lhe deu um sedativo e o mandou para casa, destacando que ele deveria relaxar.

No dia seguinte, após 34 horas de ereção, ele foi levado para o hospital, mas já era tarde demais. Devido à ereção prolongada, Lecompte disse que ficou impotente.

Otávio Mesquita
Texto: Jaqueline Pontes
Fotos: Ana Luiza França

O Transalouca 4.0 do dia 19 de maio recebeu o apresentador e publicitário Otávio Mesquita, que atualmente comanda as atrações “A Noite é Uma Criança” e “Poker das Estrelas”, na Rede Bandeirantes.

Mesquita iniciou sua carreira na televisão em 1986 na Band em uma situação inusitada. Um dos repórteres que cobriria o carnaval do Rio de Janeiro faltou e pediram para ele entrar ao vivo. “Colocaram o fone no meu ouvido, ligaram as luzes e me anunciaram. Estava muito nervoso, só falei bobagem”, contou o apresentador, que na época ainda trabalhava com merchandising na emissora.

Nestes 24 anos, o convidado passou pela Rede Bandeirantes, Rede Manchete, SBT e Rede TV!. Já esteve à frente dos programas “Perfil”, “Tempo de Alegria”, “Fantasia”, “Programa Livre” e “Domingo Legal”, do SBT, e apresentou o quadro “Bom Dia Legal”, no qual acordava celebridades.

Como não poderia faltar, o apresentador falou sobre sua paixão por corridas automobilísticas. “Desde moleque queria ser piloto de Fórmula 1, mas como não deu certo, parti para o plano B, tentar ser famoso. Parece que esse deu certo”, brincou.

Aos 30 anos, começou a competir em corridas de kart e desde então não parou mais. Dez anos depois, alugou um Renault e deu 15 voltas no autódromo Benetton, na França. Saindo do carro, encontrou Giancarlo Fisichella. Ainda emocionado por realizar seu sonho, fez uma promessa ao piloto de que compraria uma F1 conduzida por ele e construiria uma casa para pendurá-la na parede. E, não deu outra, em 2006, Mesquita comprou uma Jordan usada por Fisichella quando ganhou o GP Brasil de 2003 e a colocou na parede de sua sala. “Fiz uma festa para 200 pessoas e chamei o Fisichella, que mal se lembrava de mim. Ele participou da comemoração e ainda autografou a minha Jordan”, lembrou.
Rafaella Viscardi
Texto: Jaqueline Pontes
Fotos: Ana Luiza França

O Transalouca 4.0 do dia 18 de maio recebeu Rafaella Viscardi, bailarina e assistente de palco da atração “Programa do Gugu”, da Rede Record.

A assistente do apresentador Gugu (Augusto Liberato) o acompanha há três anos, desde quando o programa era no SBT. Mas sua carreira na televisão começou muito antes, como estrelete no “Programa do Palhaço Estrelinha”, na Rede Bandeirantes. Hoje além de auxiliar Gugu, também é coreógrafa das bailarinas da atração.

Antes de estrelar na TV, aos quatro anos, Rafaella já era bailarina e ginasta. “Fui ginasta olímpica, disputei campeonatos nacionais e até fui campeã em 2000”, comentou.

A convidada contou ainda que já cometeu algumas gafes no palco quando dançava a música “Bola de Sabão”, de Claudia Leitte. “Foi um tombo ao vivo. Tinha bolinhas de sabão por causa da música e pior que quando tentei levantar, escorreguei e cai de novo.”

A dançarina afirmou que pretende permanecer trabalhando em emissoras de TV. “Meu sonho é apresentar um programa infantil”, finalizou a jovem, que está sempre acompanhada da mãe.
Rosi Campos
Texto: Jaqueline Pontes
Fotos: Renê Araújo

O Transalouca 4.0 do dia 17 de maio recebeu a atriz Rosi Campos, que atualmente está em cartaz com a peça “De Pernas Pro Ar”, dirigida pelo Circo Grafitti. A comédia mostra os bastidores do auditório de uma emissora de rádio dos anos 50.

Nos dias 22 e 23, Mogi das Cruzes sediará mais uma edição da Virada Cultural Paulista. A Virada será aberta com o espetáculo De Pernas Pro Ar.

Rosi, que também é jornalista, trabalhou como assessora de imprensa da gravadora Som Livre. Após cinco anos, trocou as redações pela carreira artística. “Comecei a atuar em um grupo teatral dentro da faculdade mesmo e por aí fui. Sempre fiz comédia e musical e em 89 fundei o Circo Grafitti, que recebeu 17 prêmios pelo espetáculo Você Vai Ver o Que Você Vai Ver”, lembrou a atriz.

Na TV, estreou com a novela “Brasileiros e Brasileiras” e depois “Éramos Seis”, no SBT. Apresentou o programa “Telecurso” (TV Globo e Cultura) e mais tarde foi convidada para fazer a Bruxa Morgana na série “Castelo Rá Tim Bum”, papel que marcou sua carreira. “Até hoje dou autógrafos como Morgana. Ela é eterna!”, contou.

Além de Morgana, Rosi interpretou outros personagens que marcaram sua carreira, como “Mamuska”, em 2004, na novela “Da Cor do Pecado” e “Maria Tomba Homem” na minisserie “Hilda Furacão”, em 1998.

A atriz também fez diversos trabalhos no cinema. Os últimos foram “O Menino da Porteira”, com o cantor Daniel, e um longa que retrata a vida do cantor Frank Aguiar, que acabou de filmar. Recentemente viveu a assistente de Chico Xavier, em “Chico Xavier – O Filme”, recorde nacional de bilheteria no mês passado. “Ele é um exemplo de pessoa, o respeito muito. Ninguém pode substituir o Chico”, falou Rosi, que confessou ter grande admiração pelo médium.
25 maneiras de passar o tempo no elevador

1 - Quando houver só uma pessoa no elevador, de um tapinha no ombro dela e finja que não foi você.
2 - Aperte os botões do elevador e finja que eles dão choque. Sorria e faça novo.
3 - Se ofereça para apertar os botões para os outros, mas aperte os botões errados.
4 - Segure a porta e diga que está esperando por um amigo. Depois de um tempo, deixe a porta fechar e diga: "Olá Zé. Como vai você?"
5 - Deixe cair sua caneta e espere até alguém se oferecer para pega-lá, então grite: "Ei, é minha!"
6 - Traga uma câmera e tire fotos de todos no elevador.
7 - Traga uma mesa para dentro do elevador e quando alguém entrar, pergunte se marcaram hora.
8 - Leve um Banco Imobiliário e pergunte para as pessoas se elas querem jogar.
9 - Deixe uma caixa no canto e quando alguém entrar pergunte se elas ouviram um tique-taque.
10 - Finja ser uma aeromoça e revise os procedimentos de emergência com os passageiros.
11 - Pergunte: "Você sentiu isso?"
12 - Fique bem perto de alguém, fungando em seu cangote de vez em quando.
13 - Quando a porta se fechar, fale: "Tudo bem. Não entrem em pânico. Ela abrirá novamente".
14 - Mate moscas que não existem.
15 - Diga às pessoas que você pode ver sua aura.
16 - Grite: "Abraço grupal", então force as pessoas a se juntarem.
17 - Faça caretas dolorosamente enquanto bate na sua testa e murmure: "Calem a boca, todos vocês, calem a boca!".
18 - Abra sua pasta ou bolsa e enquanto olha dentro dela pergunte: "Tem ar suficiente aí dentro?"
19 - Fique quieto e parado no canto do elevador, encarando a parede.
20 - Encare outro passageiro por um tempo, e grite com horror: "Você é um deles!" e recue devagar.
21 - Coloque uma marionete na mão e use-a para falar com os outros.
22 - Escute as paredes do elevador com seu estetoscópio.
23 - Faça barulhos de explosão quando alguém apertar um botão.
24 - Encare outro passageiro por um tempo e fale: "Estou usando meias novas".
25 - Desenhe um pequeno quadrado no chão com giz e diga para os outros: "Este é o meu espaço".

Tensão

Esse é o terceiro de cinco vídeos da série "Bebês Tensos"

Faltam dois, em breve aqui no blog!

[ página principal ] [ ver mensagens anteriores ]



Meu Perfil
BRASIL, Nordeste, Homem, de 15 a 19 anos, Cinema e vídeo, Livros, Transalouca!
MSN - liniker_2@hotmail.com

 
    Visitante número: